Covid-19: Juiz de Fora segue na Faixa Vermelha, mas Prefeitura divulga alterações no decreto para eventos

A Prefeitura de Juiz de Fora divulgou, nesta terça-feira (11), que a cidade permanece na Faixa Vermelha do programa de retomada econômica “Juiz de Fora pela Vida”, inicialmente, até o dia 17 de maio.

Durante o anúncio também foram divulgadas alterações no que prevê a faixa vermelha, como a permissão para realização de eventos com até 40 pessoas e que lanchonetes e restaurantes de clubes também poderão funcionar, de segunda a sexta-feira.

Além disso, a prática de atividades físicas como tênis, peteca, vôlei e futevôlei é permitida na Faixa Vermelha com uma pessoa por lado na quadra; no caso das duas últimas não estão autorizados jogos, apenas a prática de treinamentos.

Na próxima quarta-feira (12), uma reunião será realizada entre a Secretaria de Turismo e organizadores dos eventos-teste, que ocorreram no mês de março, para dar continuidade ao processo de capacitação para a retomada das atividades.

Para o secretário da pasta, Marcelo do Carmo, a nota técnica é um avanço no que diz respeito à retomada consciente do setor de turismo, eventos, lazer e entretenimento.

Segundo ele, este avanço é resultado de uma construção coletiva, que envolve várias secretarias da Prefeitura, em conjunto com associações representativas da classe.

A cidade está nesta fase do programa desde o dia 17 de abril, após a saída da Onda Roxa do “Minas Consciente”, que tinha caráter impositivo.

No dia 7 de maio, o G1 mostrou que o Executivo já tinha feito adequações no programa municipal de controle e retomada econômica diante da pandemia de Covid-19.

Permanência na Faixa Vermelha

De acordo com a Prefeitura, a permanência de Juiz de Fora na Faixa Vermelha foi definida porque o programa municipal segue métrica sugerida pelo Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde (Conasens) e faz a apuração conforme a semana epidemiológica, como explicou o coordenador do “Fórum Juiz de Fora em Defesa da Vida”, Ignacio Delgado.

“Por isso, conquanto haja similaridade nas métricas, os prazos de definição das condições epidemiológicas no programa municipal tornam-no mais atualizado e sensível à situação real do município”, finalizou Ignácio.

Veja detalhes das mudanças

Eventos

Está permitida a realização de eventos com capacidade máxima de 40 pessoas, incluindo staff. No que diz respeito ao distanciamento, deve ser de 40 m² por pessoa e a capacidade permitida para uso dos espaços deve ser limitada a 30%.

  • Faixa laranja: capacidade máxima de 80 pessoas, incluindo staff. 1 pessoa por 4 m². 50% da capacidade do espaço;
  • Faixa amarela: capacidade máxima de 160 pessoas, incluindo staff. 1 pessoa por 4 m². 60% da capacidade do espaço.

Em todas as faixas, os eventos devem ser autorizados pela Secretaria de Sustentabilidade em Meio Ambiente e Atividades Urbanas (Sesmaur). Os protocolos de biossegurança estão disponíveis neste link.

Clubes

Lanchonetes e restaurantes dos clubes estão autorizadas a funcionar, seguindo os protocolos de segurança, no entanto, o horário de funcionamento permanece de segunda a sexta-feira.

Atividades Esportivas

A prática de atividades físicas como tênis, peteca, vôlei e futevôlei é permitida na Faixa Vermelha com uma pessoa por lado na quadra; no caso das duas últimas não estão autorizados jogos, apenas a prática de treinamentos.

O que está autorizado na Faixa Vermelha

  • Centros, galerias comerciais e lojas de rua: funcionamento de segunda a sábado, das 10h às 20h;
  • Academias de ginástica: segunda a domingo, das 6h às 22h, com a proibição de atividades coletivas;
  • Ambulantes: de acordo com a licença de atividade;
  • Atividades de teleatendimento: horário livre, com a instalação de barreiras físicas entre os operadores;
  • Atividades relacionadas à saúde, à segurança e à assistência social: funcionamento livre;
  • Autoescola: aulas teóricas virtuais. Aulas práticas apenas condutor/aluno, seguindo protocolos de segurança próprios;
  • Bancas de jornais e revistas: funcionamento livre;
  • Bares: apenas delivery, com protocolos de segurança próprios;
  • Cadeia da Construção Civil: segunda a sábado, entre 6h e 16h;
  • Casa Lotérica e correspondentes bancários: funcionamento livre;
  • Clubes: segunda a sexta. Permitido o funcionamento de lanchonetes e restaurantes internos e atividades físicas com uma pessoa por quadra;
  • Comércio atacadista: segunda a sábado, entre 8h e 20h;
  • Comércio de produtos veterinários e agropecuários com estacionamento próprio: segunda a sábado, entre 6h e 20h;
  • Cursos livres: fica permitido o funcionamento de segunda a sábado, das 8h às 21h na faixa vermelha com aulas presenciais, exclusivamente para maiores de 18 anos, com o respeito do limite de cinco alunos por aula, com distanciamento mínimo de três metros entre eles.;
  • Distribuidora de bebidas: segunda a sábado, entre 6h e 16h;
  • Distribuidora de gás: das 8h às 20h;
  • Escritórios, Corretores e congêneres: segunda a sexta, entre 8h e 20h;
  • Estacionamentos: horário livre;
  • Farmácias com estacionamento próprio: horário livre;
  • Farmácias sem estacionamento próprio: segunda a domingo, entre 6h e 22h;
  • Funerárias: funcionamento livre;
  • Hotéis e Hospedagens: funcionamento permitido com 50% da capacidade;
  • Igrejas e centros religiosos: horário livre, com 30% da capacidade;
  • Indústrias de Confecções: das 7h às 17h;
  • Indústrias de Panificação: das 6h às 24h;
  • Indústrias de Mobiliário: das 6h às 16h;
  • Demais indústrias: livre;
  • Lanchonetes e casas de chá/sucos/similares: segunda a domingo, entre 6h e 20h;
  • Lojas de Conveniência: segunda a sábado – entre 6h e 16h;
  • Manutenção e reparação de veículos automotores: horário livre;
  • Mercados sem estacionamento próprio: segunda a domingo, entre 6h e 22h;
  • Mercearias/Quitandas/Hortifrutis: segunda a sábado, entre 6h e 22h;
  • Padaria e confeitaria: segunda a domingo, entre 5h e 20h;
  • Postos de gasolina: horário livre;
  • Praça de alimentação em geral: segunda a domingo, entre 12h e 20h;
  • Programação e comunicação audiovisual e congêneres: horário livre;
  • Representação comercial: horário livre;
  • Restaurantes: segunda a domingo, entre 8h e 20h. Proibido self-service;
  • Salões de beleza e clínicas de estética: segunda a sábado, entre 7h e 22h;
  • Serviço de limpeza e manutenção: horário livre;
  • Shopping Centers: lojas de segunda a domingo, entre 12h e 24h;
  • Supermercados/Mercados com estacionamento próprio: horário livre;
  • Transporte individual público de passageiros (táxi); e transporte remunerado privado individual de passageiros: horário livre.

Fonte: G1 Zona da Mata

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *