Jovem é indiciado por extorquir e ameaçar profissional por aplicativo

Rapaz teria insistido no pagamento de R$10 mil em troca de informações que seriam do interesse da vítima

Um jovem de 23 anos foi apontado pela Polícia Civil como responsável pela autoria de mensagens contendo ameaças e extorção de uma profissional do ramo da saúde. Ele foi indiciado e deve responder à Justiça. O rapaz teria insistido com a vítima no pagamento de R$10 mil, em troca de informações que seriam do interesse dela. Com a recusa da trabalhadora, o infrator teria passado a ameaçá-la.

A vítima fez a denúncia e demonstrou a motivação da chantagem para a Polícia Civil. Ela registrou um boletim de ocorrência, no qual foram incluídas as conversas, que partiam de um número de telefone desconhecido. Com a entrega do material, foram realizados os trâmites de análise de cada informação. Por meio da investigação baseada em crimes cibernéticos, os policiais civis conseguiram chegar à suposto autor da prática ilícita.

De acordo com a Polícia Civil, as mensagens mostravam que o indivíduo conhecia a vítima, por revelar detalhes de sua vida pessoal e profissional, além das ofensas com palavras de baixo calão para ameaçá-la.

O procedimento foi instaurado pelo titular da 5ª e da 6ª Delegacias, o delegado Márcio Roberto Savino Lopes, e deve ser enviado para a apreciação do Judiciário. A Polícia Civil reitera que crimes praticados virtualmente sempre deixam rastros para identificar quem está por trás das telas.

Fonte: Tribuna de Minas

 

site do café

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *