Gordura no Fígado, Causas tratamento e prevenção

  • por

Gordura no Fígado, Causas tratamento e prevenção

A princípio, a Gordura no Fígado ou esteatose hepática é o acumulo de vesículas (gordura no interior das células do fígado- que fica do lado direito do abdômen), totalizando mais de 5% do seu peso. É um problema comum e que precisa de atenção. Por esse motivo ela é classificada em 2 grandes grupos:
DOENÇA HEPÁTICA GORDUROSA ALCOÓLICA: causada pelo excesso de ingestão de bebidas alcoólicas;
DOENÇA HEPÁTICA GORDUROSA NÃO ALCOÓLICA: é a causa mais frequente de gordura no fígado; relaciona-se com fatores de risco e NÃO tem relação com excesso de ingestão de álcool.

Primeiramente, gostaríamos de lhe fazer uma pergunta: você já ouviu sobre uma patologia denominada Esteatose Hepática? Caso você responda não, estamos certos que o termo Gordura no Fígado sim! Pois bem! Hoje você vai entender os 12 pontos importantes que é necessário saber sobre uma doença comum e silenciosa, a Gordura no Fígado ou a Esteatose Hepática.
O que é gordura no fígado ou esteatose hepática?
A princípio, a Gordura no Fígado ou esteatose hepática é o acumulo de vesículas (gordura no interior das células do fígado- que fica do lado direito do abdômen), totalizando mais de 5% do seu peso. É um problema comum e que precisa de atenção. Por esse motivo ela é classificada em 2 grandes grupos:
DOENÇA HEPÁTICA GORDUROSA ALCOÓLICA: causada pelo excesso de ingestão de bebidas alcoólicas;
DOENÇA HEPÁTICA GORDUROSA NÃO ALCOÓLICA: é a causa mais frequente de gordura no fígado; relaciona-se com fatores de risco e NÃO tem relação com excesso de ingestão de álcool.
Como ocorre a Gordura no Fígado?
Em primeiro lugar, o excesso de gordura (ácidos graxos) no fígado pode ter origem:
no aumento da ingestão de gordura na dieta;
produção de gordura pelo próprio fígado a partir da ingestão em excesso de carboidrato na dieta;
na quebra da gordura (lipólise) ex.: pessoa que esta emagrecendo;
ou na deficiência do transporte da gordura que está dentro do fígado.
Porém, é importante entender que a patogênese inclui fatores nutricionais como a disbiose intestinal (desequilíbrio da flora intestinal), hormonais, resistência a insulina, toxicidade da gordura e inflamação hepática.

Como a gordura no fígado pode danificar o fígado? Tem estágios de evolução ou gravidade?
De modo geral, sim. Juntamente com o excesso de ácidos graxos (partículas que constituem a gordura) no fígado, aumenta também uma reação química, chamada beta-oxidação. Desta forma, estas liberam radicais livres que agridem os tecidos e geram citocinas inflamatórias, resultando em graus variáveis de agressão das células hepáticas, podendo evoluir progressivamente. Por esse motivo, a presença de gordura no fígado ou conhecida como esteatose hepática, corresponde ao estágio inicial da Doença Hepática Gordura não Alcoólica. Isto posto, é importante pontuar que se prolongado por anos, esta patologia pode levar ao mau funcionamento metabólico, inflamação (esteato hepatite ou NASH) e a um estágio avançado Doença Hepática Gordura não Alcoólica que pode progredir para fibrose e cirrose. A partir daí, aumenta o risco de câncer do fígado.

A Gordura no Fígado é perigosa?
Antes de mais nada, é importante lembrar que a esteatose hepática é uma das causas de morte no longo prazo por conta dos danos cardiovasculares, hepáticos e oncológicos e também, porque vem sendo rapidamente uma das causas de transplante hepático. É a causa mais frequente atualmente no mundo de doença crônica do fígado.

A dieta para gordura no fígado tem como objetivo melhorar a qualidade da alimentação para diminuir os níveis de gordura no organismo, aliviar alguns sintomas, que podem incluir perda de apetite, dor do lado direito da barriga e dor de cabeça, além de evitar complicações, como é o caso da cirrose.

Além da Dieta você precisa criar hábitos saudáveis e trocar os pães bolos e salgados pelo CHIPS DE BATATA YACON

Chips produzido com somente 3 Ingredientes: Batata Yacon Orgânica,
Azeite de oliva extra virgem e sal rosa do Himalaia.
Ideal para seu lanche super saudável e nutritivo
Não é frito , Produto Liofilizado em estufa , A liofilização é o
único processo que garante a qualidade dos alimentos sem perder nenhum
benefício.

Por esses motivos, incluir esse tubérculo na dieta pode oferecer vários benefícios à saúde, como:
Controla o açúcar no sangue, porque os FOS promovem a absorção de glicose nos tecidos periféricos e melhoram a sensibilidade da insulina no fígado, além de aumentar a secreção de insulina no pâncreas, ajudando a diminuir a glicemia;
Reduz o colesterol e triglicerídeos, devido à presença de FOS, que contribuem para regular o metabolismo das gorduras no corpo e reduzir a síntese de triglicerídeos no fígado;
Favorece a perda de peso, porque as fibras solúveis aumentam a sensação de saciedade, além de ter menos calorias;
Regula o intestino, porque as fibras que chegam ao cólon são fermentadas pelas bifidobactérias, favorecendo os movimentos intestinais, a eliminação de bactérias patogênicas e o equilíbrio da flora intestinal;
Ajuda a manter a massa óssea, pois os FOS, ao atingir o cólon e estimular as bifidobactérias, promovem a absorção de alguns minerais, como cálcio, fósforo, zinco e magnésio.
Além disso, a batata yacon também é rica em ácido cafeico, um composto fenólico que possui propriedades antioxidantes e anti-inflamatórias e, por isso, pode prevenir certos tipos de câncer, como do cólon, por exemplo. Além disso, também pode melhorar o sistema imunológico e regular a pressão sanguínea.
O chips de batata Yacon é a solução perfeita para lanches saudáveis entre as principais refeições do dia

CLIQUE AQUI E SAIBA MAIS SOBRE O CHIPS DE BATATA YACON

Ou mande mensagem via WhatsApp  (32)9 8459-9394

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *