Covid-19: Prefeitura de Ubá apresenta Plano Municipal de Imunização ao Conselho de Saúde

A Prefeitura de Ubá apresentou nesta terça-feira (6) o Plano Municipal de Imunização contra a Covid-19 para o Conselho Municipal de Saúde.

O documento foi analisado em videoconferência e aprovado pelos gerentes e coordenadores da vacinação na cidade.

O documento municipal é baseado nos critérios estabelecidos pelo Plano Nacional de Imunização (PNI), criado pelo Ministério da Saúde, e é o instrumento de gestão que define as etapas pré, durante e pós campanha de vacinação realizada em Ubá.

No plano estão contemplados, além das ações planejadas e realizadas nessas etapas, os grupos prioritários a serem imunizados conforme o PNI, os lotes de tipos de vacinas e quantitativos de doses recebidos.

A Secretaria de Saúde de Ubá apresentou o documento à Comissão de Vigilância Sanitária e Farmacoepidemiológica, do Conselho Municipal de Saúde.

A apresentação foi realizada pela Coordenadora da Vigilância Epidemiológica e Ambiental, Geane Vidal Nicácio e pela Gerente de Vigilâncias, Marilândia Pires Antunes, também presidente da Comissão e coordenadora da campanha de vacinação em Ubá.

Após considerações dos conselheiros e também do presidente Franklin Leandro Neto, o plano foi aprovado por unanimidade. Eles ressaltaram a importância dos trabalhos das comissões temáticas para composição do documento e encaminharam ao Conselho Municipal, que fará a aprovação final.

Plano Nacional de Imunização

O Plano Municipal de Ubá segue as diretrizes do Ministério da Saúde. Veja abaixo os grupos incluídos.

Na primeira etapa de vacinação:

  • Pessoas com 60 anos ou mais institucionalizadas
  • Pessoas com deficiência institucionalizadas
  • Povos indígenas vivendo em terras indígenas
  • Trabalhadores de saúde

Demais grupos prioritários, citados pelo governo agora sem divisão por etapa de vacinação:

  • Pessoas de 60 anos ou mais
  • Povos e comunidades tradicionais ribeirinhas
  • Povos e comunidades tradicionais quilombolas
  • Pessoas com comorbidades
  • Pessoas com deficiência permanente grave
  • Pessoas em situação de rua
  • População privada de liberdade
  • Funcionário do sistema de privação de liberdade
  • Trabalhadores de educação
  • Forças de segurança, salvamento e Forças Armadas
  • Trabalhadores de transporte coletivo rodoviário de passageiros
  • Trabalhadores de transporte metroviário e ferroviário
  • Trabalhadores de transporte aéreo
  • Trabalhadores de transporte de aquaviário
  • Caminhoneiros
  • Trabalhadores portuários
  • Trabalhadores industriais
Fonte: G1 Zona da Mata

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *